Tendências de arquitetura e construção 2017
LEIA MAIS
Guarda corpo de vidro embutido no piso
LEIA MAIS

Elevador em casa - saiba como ter (de forma acessível) e veja projetos lindos e modernos com eles!

13/08/2015 - Tendências


Post recomendadíssimo para quem está construindo ou pensa em construir uma casa de andar, mesmo que (ainda) não tenha a intenção de colocar um elevador!

Antigamente ter uma casa com elevador era uma realidade muuuito distante da maioria das pessoas. Hoje em dia ainda é considerado um equipamento com valor alto, no entanto, bem menor do que antes.
E é por isso que, com cada vez mais freqüência o uso de elevadores em casas de andares vem aumentando, sem falar que os valores dos terrenos subiram e para aproveitar ao máximo o espaço, muitas pessoas vêm optando por casas verticais com 2,3,4 até 5 andares, o que impulsiona ainda mais o uso dos elevadores!
Além do mais, a tecnologia e a manutenção estão bem mais simples e viáveis.
E como a tendência do preço do elevador residencial é diminuir cada vez mais e seu uso se tornar comum, muitas casas já vêm se programando para instalá-los futuramente.

Por isso, se você está pensando em construir uma casa de andar, vale à pena ler esse post e pensar mais sobre isso, principalmente porque seu gasto/instalação podem ser postergado!

E foi justamente esse o motivo que me fez parar e pensar em ter um elevador na minha casa...
Eu não tenho pretensão, necessidade e muito menos o dinheiro para colocar um elevador na minha casa no momento, mas e futuramente?!
Devido ao fato da minha casa ter ficado com 3 pavimentos, talvez quando eu for bem velhinha, eu possa sentir vontade e necessidade de ter um elevador (e espero que até lá eu tenha dinheiro pra isso...rs), pensando assim resolvi deixar em stand by o projeto de um elevador na minha casa criando cômodos pequenos e "sem função" (jardim de inverno e um quartinho) e com posicionamento estratégico (um embaixo do outro), dessa forma eu posso aproveitá-los também até lá...rs
Ou então como muitos vêm fazendo também que é já deixar o local pronto e fechado com porta - essa alternativa acho perfeita para quem pretende instalá-lo em breve ou então para quem não quer fazer uma pequena reforma futuramente.

Bom, mas essas duas alternativas são apenas pra quem deseja postergar a instalação do elevador, para quem deseja instalá-lo já ou em breve continue lendo para saber como funciona!

Basicamente existem dois modelos de elevadores residenciais: os hidráulicos e os elétricos (também chamados eletromecânicos).
Ambos são alimentados por eletricidade e têm dispositivo de resgate do usuário, em caso de falta de energia. A manutenção periódica também é necessária para qualquer um dos tipos.

Versáteis, os elétricos funcionam com cabos e exigem menor espaço para a instalação. Já os modelos hidráulicos são movidos por um pistão hidráulico, normalmente localizado embaixo do equipamento. Tanto para os elevadores elétricos, quanto para os hidráulicos, o consumo de energia não é tão impactante. Para se ter uma ideia, um elevador elétrico com dispositivo VVVF (que controla a tensão e a frequência do motor) apresenta, em média, potência de 2200 W, a metade de um chuveiro top de linha (4500 W). No caso dos modelos hidráulicos, o consumo é inferior ao de uma geladeira, menos de 25,2 kW/h por mês.
Portanto, geralmente os elevadores hidráulicos são menos sustentáveis que os elétricos, gastando mais energia para o acionamento dos motores, além de serem menos silenciosos.

Diferentemente de um prédio de grande porte que requer a implantação de uma casa de máquinas, o elevador em uma casa demanda pouco espaço. No geral, é necessário que a altura do último pé-direito seja de 2,7 metros e o fosso necessário sob o piso inferior em média 20 cmde profundidade.
Já o perímetro é de 2m x 2m. E também é necessário um vão comum a todos os andares da casa, além de uma instalação de energia compatível com a demanda do equipamento.
Por isso é importante que a introdução do equipamento - incluindo a previsão do espaço físico e da infraestrutura elétrica - seja pensada durante a concepção do projeto arquitetônico.
Embora haja a possibilidade de adaptações em imóveis prontos, visto que os sistemas não costumam exigir cargas elétricas muito elevadas e nem grandes reforços estruturais, apenas o espaço físico e de circulação.

O custo de um elevador doméstico para transportar duas ou três pessoas é a partir de R$40.000,00. Mas o preço pode variar, principalmente, em função do número de andares da residência (quantidade de paradas), da tecnologia empregada e do modelo escolhido, além do acabamento e do tamanho da cabine.
Além disso, tem o custo de manutenção que oscila entre R$ 200 e R$ 400 mensais, para os modelos com configurações mais simples, e entre R$ 700 e R$ 800 para as versões mais sofisticadas. Porém, o alto custo soa menor quando se leva em consideração a longa vida útil dos sistemas e a valorização em cerca de 20%, do imóvel.

Vale lembrar que a manutenção preventiva em elevadores residenciais não é exigida em Lei, como acontece com os de edifícios de uso público. No entanto, recomenda-se a inspeção, pelo menos, a cada dois ou três meses.

Confira agora algumas casas de andares com elevadores de diversos modelos!

Casa de 3 andares com elevador. Conheça todos os ambientes dessa maravilhosa casa aqui!
 Projeto: Monovolume Architecture.

Casa de dois andares com elevador (atrás do guarda corpo de vidro). Projeto: João Diniz

Casa de 746m² e 5 andares com elevador, nesse caso ou casa o elevador é imprescindível! Projeto: Aquiles Nícolas Kílaris.

Casa de 5 andares com elevador. Projeto: Wilson Pinto.

Casa com elevador e escada de vidro laminado e temperado - lindo esse projeto da Fernanda Marques!

Casa com elevador - detalhe para o piso de mármore marrom imperador light e crema marfil. Conheça todos os ambientes dessa maravilhosa casa aqui! Projeto: Aquiles e Iara Kilaris.


Fotos: Divulgação; Google Imagens (+ info), Fonte: Uol

Muitas pessoas não cogitam o uso do elevador numa casa por não saberem como funciona ou então por acharem caro e desnecessário, mas informação nunca é demais, por isso quis publicar esse post para esclarecer e de repente até dar uma luz pra quem se preocupa com as escadas no futuro...rs
Como já disse não tenho a intenção de colocá-lo no momento, mas se um dia achar necessário, o espaço físico e de circulação que são os mais difíceis de adaptarem já estão prontos, além do mais 4m² a mais numa obra não encarece tanto assim a comparar com os benefícios ainda mais com a instalação podendo ser postergada.
Bom, mas essa é a minha opinião, cada um pensa de uma forma, né?!rs
E vocês, o que pensam dos elevadores residenciais?! Colocariam também ou não?!

Curta a fanpage e acompanhe o instagram e fique por dentro de muito mais novidades!

COMPARTILHE ESSE POST

TAGS: dicas ,sobrado ,vidro ,casa ,elevador ,modelos ,moderno

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Publicidade

TV DECOR SALTEADO

CAIXA DE BUSCA

Publicidade

INSTAGRAM @DECORSALTEADO